Quem tem medo de cemitério?

O que tem lá que te incomoda?

É ainda para você o fim da vida na carne um grande mistério?

Não se lembra que todas as noites sai de sua veste de carne?

Voando por aí livre somente em teu corpo etéreo.

Este campo que teme deveria ser celebrado!

Lugar este que devolvemos a mãe terra,  o presente a nós confiado.

Somos muito mais do que deixamos lá a descansar.

E assim que concluímos esta fase, nem devemos no invólucro pensar.

Isso também vale a nós que ficamos, não há nada ali para se chorar!

A pessoa que ama ainda vive, e onde estiver a pode sentir, não há nada ali no túmulo que precise buscar!

Da próxima ver que visitar o cemitério, não traga as suas tristezas, nem as leve com você.

Entre no lugar contente e emita Luz! Deseje a todos que partiram encontrar seu caminho!

Pois suas almas sempre reluzentes, jamais terra alguma há de comer!

 

Fiz esta pequena rima me lembrando de uma projeção da consciência que tive durante esta noite em que entrava junto com um amigo em um cemitério, notadamente para a doação de energia para auxílio aos trabalhos das entidades de Luz locais e enquanto fazíamos isso tentava acalmar ess emeu amigo de seu medo por cemitérios.

Fiquem todos na Luz!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s